«´¯`·.·.¸¸.»Zombie«´¯`·.·.¸¸.»


Pensamento coletivo

Mais um dia amanhece, meu corpo cansado pede conforto, o merecido descanso, mas meus olhos se recusam à fechar. Meus pensamentos não param, cabeça borbulhante, tantos pensamentos juntos... uns se misturam aos outros, como um grande ensopado de leguminosos sem sabor, pastas moles e insossas mastigadas por bocas sem dentes e sem vontades. É, o tempo é tão curto, mas os minutos rastejam , uma vida pode durar uma eternidade quando se esta com a mão repleta de feridas. E o que acontece se não passarmos grande parte de nossas vidas dormindo? Não dizem que é tão importante não perder tempo, não errar porque a vida não lhe trará um novo tempo pra recomeçar? Mas se eu nunca mais perder tempo dormindo? Sim eu seria a supremacia, porque é do absurdo que acham que surge a sabedoria. Sábio é aquele que joga as palavras em um papel, sem que estas tenham alguma ligação entre si, basta buscar no fundo de seu eu as respostas para o grande significado de tudo, ou seja , nada! O pobre arquiteto de palavras, arquiteto da vida, ah quanto tempo perdido não senhor sábio? Para que ter planos, se as coisas dão certo para aqueles que só contam com a sorte. Eu ainda prefiro a sopa de legumes!



Escrito por Cindy às 05h44
[   ] [ envie esta mensagem ]




perdendo...


O mundo morreu, enquanto eu sonhava. Viajando, acordava e durmia, satisfação saltando do sorriso, ao tempo em que os dias iam passando, o encanto cessando, as margens do rio de desamores. Adoraveis tardes, empreginavam meus olhos, e de ruim, nesses dias, nada poderia fitar, inocencia de imaginar que tudo era real. Nesses dias ainda, a imaginação fervilhava, poderia criar o cenário que quizesse pro dia perfeito do amanhã que nunca chegaria, se não, não seria perfeito, quando o corpo cria via propria, buscando solides, e perde-se entre a areia movediça que sugou os belos sonhos, junto com o encanto de acordar e dormir. O pranto pouco explica do desencanto de viver. De onde agora virá a vontade louca de viajar entre os planos? se uma vida que se vai a cada dia perdido.

Escrito por Cindy às 04h07
[   ] [ envie esta mensagem ]




Perfeito


Do que eu tinha certeza hoje não sei mais, meus pensamentos se tornaram incontrolaveis, se é que um dia os pude controlar. As palavras fogem da minha boca, meus olhos falam mais do que elas, mas eu nego, não quero acreditar que não sou dona de mim. Sempre a impotencia de não controlar me atormenta, pareço um fantoche, comandado pelo eu incontrolavel que a cada dia salta, se expalha, cresce, cada vez mais e mais. Estou assustada, espantada, mas feliz! Tenho medo, mas é exitante não saber qual pode ser a proxima coisa a acontecer, a proxima atitude , as proximas palavras...Quero buscar nas estrelas as respostas, quero voar... fazer do meu dia parte de sonhos, viver na fantasia, esquecer tudo que é banal...amar...!!!A tempos não me sentia tão esperançosa, talvez esteja nascendo de novo pra vida, talvez, pensar em causas de ações não me atrai, mas eu gosto disso, gosto do suspense, gosto do incerto,gosto do que to sentindo...inesplicavel, inesgotavel, uma fonte de vida, que me tras alegrias, de volta a vontade de buscar, simplismente perfeito!


Escrito por Cindy às 23h23
[   ] [ envie esta mensagem ]




Descontente


A mão que me afaga, hoje se potencializou em arma que me fere. O sorriso brando que carregava consigo se esconde atras da carranca. Os sonhos apanhados um a um no caminho fez com que me desfezesse. Abrir mão do gosto pelo buscar, da felicidade em potencial, fazer da vida o amanhacer e entardecer cinza. Apagar a luz dos meus olhos e me esconder no baú, guardar para a eternidade, mumificar, empalhar o que chama de belo, um corpo sem vida. Meu alimento secou, meus pensamentos e sentimentos sucumbiram-se ao tedio. Um contorto desconfortavel, um cômodo incomodante. Do quente ao frio, do sorriso à lagrima, do triste ao enfórico, a perca da harmonia, como uma musica sem ritmo, ou esse poema sem rima - vazio!



Escrito por Cindy às 05h20
[   ] [ envie esta mensagem ]




Dias afim

De um singelo suspiro fez-se o fervor de sentimentos, no mesmo segundo que tudo era amor, era desejo. A carencia gritava, e a ansia observava tudo com olhos grandes de inveja. Escondida no canto escuro da casa, a tapar os ouvidos a vergonha sumia, e o medo procura uma saída. A luz do amanhecer nada mais deixou eu ver, dos sentimentos que antes pairavam nada restou, o medo voltou, as grades desseram e tudo sessou. Tantos suspiros dei novamente mas os sentimentos se aquietaram, não sei mais qual o caminho, a maneira, como viver novamente o segundo, fazer com que tudo se repita novamente, e novamente, até que tudo o que era raro e especial se torne tão banal quanto as letras em uma folha de papel. Fazer dos dias uma busca e encontrar o que procuro e perceber que achar não é o interessante, e sim a busca pelo impossivel, um breve aperitivo do prato principal que na verdade não existe. E viveram felizes para sempre na terra do nunca, no reino muito muito distante, na ilusão, nos sonhos, até que a morte continue a cadeia, nascer pra morrer, pra buscar o inalcansavel, pra se alimentar do que ja alimentou, pra acordar e dormir como se ouvesse alguma diferença entre.



Escrito por Cindy às 02h17
[   ] [ envie esta mensagem ]




Viagem

Da viagem só restaram os papeis inuteis que nada dizem,da beleza se fez o estranho e as lagrimas tomaram conta do oceano. De breves palavras espero conforto, que não encontro, das buscas, tantas buscas nada comigo carrego, o vento levou o resto das cinzas. No caminho as palavras se perdem, os pensamentos se confundem, e do lado de fora espero que tudo pare de se mover, para que essas tonturas cessem e deixe eu ver o que esta a minha frente. Tremulas imagens, não vejo nada, ou não quero ver, deixe que a chuva molhe , lave, purifique...preciso sair daqui. Quero ver o mundo la fora, não queria voltar para minha bolha, aqui não posso ouvir o que eles falam, aqui não posso ver eles partirem. Deixe a chuva cair, deixe as imagens se formarem, eu espero...eu espero...



Escrito por Cindy às 02h16
[   ] [ envie esta mensagem ]




Brincando

Me leve, deixe-me ver o sol nascer do seu lado, não me deixe para traz, quero tanto passar os dias ao seu lado, não me diga que é mentira, gosto tanto de acreditar nos nossos sonhos, não me faça acordar agora, a brincadeira estava tão divertida, quem mandou você acender a luz, me deixe sonhar, é tão bom ser criança, não quero acordar, por favor apague a luz e me traga mais um copo. Nossa! como a lua fica linda daqui, quero passar o resto de minha vida pobre e breve vida assim... livre, não me prenda agora, me deixe voar só por mais um tempo, prometo me comportar, e a proxima vez que me quizer ao seu lado, me chame, não faça como eu, não pense como se soubesse o que esta acontecendo comigo agora, porque você não me entende, você não vê a felicidade saltando dos meus olhos, você nem ao menos a conhece, é tão feliz aqui, um ar que me faz sorrir, deve ser ilariante, talvez a atmosfera daqui seja assim, pronta para nos fazer rir, pena que você não sabe se divertir comigo, gostaria tanto de te ensinar a ser feliz de outras maneiras, mas por favor me deixe brincar de gente grande só por mais um instante, não acenda a luz.



Escrito por Cindy às 11h31
[   ] [ envie esta mensagem ]




Um belo dia, risos, festa. Me resta a ausencia, as palavras se negam e nem mais um sinal...sozinha. Estarei sempre perto...quando puder. Nem sei mais como era antes, maldito tempo que tudo apaga, traga-o de volta pra mim, melhor alimentar-se de sonhos do que viver de ausencia. E nem mais um sinal...sozinha. Eu tento, eu quero, não posso esquecer...maldito tempo que tudo apaga, não deixe me apagar, mantenha viva a memoria, mantenha viva. Não te vejo mais nos meus sonhos, quando fecho os olhos nada acontece, ninguem esta comigo agora, e cada vez mais distante, cada vez mais distante... Queria esconder as lagrimas, eu vou ser forte, esta tudo bem agora, risos e festa, não se preocupe, sua ausencia não me machuca, ou pelo menos é nisso que quero acreditar, acreditar que cada vez que o relogio grita, tudo permanece estático. E você vai estar do meu lado quando acordar, como se tudo fosse perfeito, e por que não, não quero saber de respostas...



Escrito por Cindy às 02h19
[   ] [ envie esta mensagem ]




Palavras

Suas palavras me tocam, posso sentir seu gosto junto de mim,escorre pelo meu corpo a vontade de poder te abraçar, sentir teu calor, posso fechar os olhos e imaginar seu toque nos meus labios,o cheiro da tua pele macia, teu olhar acoado, teu sorriso doce, ouço tua voz até agora, momento sem fim, queria poder mastigar cada segundo que a ouvi, viver e reviver. Uma canção pra mim, melhor presente não há..."você é minha dose diária de realidade"...me deixe pousar nos teus sonhos, deixe minha alma acordar ao teu lado,deixe eu fugir junto com você para seu mundo perfeito, me deixe ser sua só por um minuto...ja me valeria a vida...tão perto e tão longe...meus olhos não podem te ver, a escuridão que vivo não me deixa, mas sei que um dia vai me apresentar ao conto de fadas e eu ficarei bem, eu confio em você...tão perto e tão longe...



Escrito por Cindy às 03h36
[   ] [ envie esta mensagem ]




Sr das verdades

Palavras jogas uma a uma com uma minuciosidade dolorosa, vão quebrando cada pedaço do que ainda restava de mim. É tão facil encontrar a verdade dentro de qualquer coisa, é tão facil pensar que conhece e entende tudo que se passa, pena que nem toda verdade é absoluta, que nem todo conhecimento é verdadeiro. Gostaria de poder fechar os olhos e não ouvir lamentos de mais um dia perdido. Eu busco o amanhã, preciso do dia de amanhã pra nascer e morrer novamente, assassinos estão soltos por aí, ja me mataram muitas vezes, mas tudo bem eu na qualidade de pedra não devo sentir nada, e que reine a sua verdade, ja que a minha não tem forças e nem espaço pra existir. O que me conforta é saber que logo amanhece e o sono apaga todas as magoas, espero aprender. Doi a impotencia de não poder mudar nada, de ver o mundo se afundar aos seus pés e ter as mãos e os pés sonoramente amarrados. E eu me calo, da boca maldita nenhuma palavra mais saira, e que venha o apocalipce, e que o mundo se desmanche em lagrimas. E que o tempo passe...



Escrito por Cindy às 02h57
[   ] [ envie esta mensagem ]




Vida

Olhos palpitantes buscam um lugar ameno, no fundo de um rio, no alto de um penhasco, Há um pedaço de vida, um sopro pequeno, que empurra para baixo, cada vez mais baixo. Um lugar onde a musica me embale para sempre, entre o céu, em meio a terra, em algum lugar do universo, está o presente, continuo, uniforme, breve e singelo. Me dê um minuto ao menos, um hora, deixe o tempo passar sem se ver, o vento corta, sangra, deixe o tempo passar. Um minuto ja se foi, me roube a vida, um sopro, quente, aquece o corpo. O tempo passou, tarde demais, devolva-me meu ultimo suspiro de vida.



Escrito por Cindy às 18h34
[   ] [ envie esta mensagem ]




A dose de amanhã

A busca pelo inesquecivel me afoga em uma pequena dose de amanhecer... que tudo seja perfeito, que o sorriso possa nascer junto com cada dia, que lagrimas não lavem o meu corpo, a busca pelo momento perfeito... Posso sentir sua voz ecoando, cada vez mais longe, passo a passo me distancio, passo a passo finjo esquecer, mas quando fecho os olhos posso sentir você aqui comigo... como se tudo fosse possivel. Não somos bons juizes e não sabemos escolher bons momentos, estamos perdidos no tempo, cada vez mais distantes... cada vez mais distantes...posso ouvir seus passos. Será que o amanhã não chegará nunca, onde estará você agora? Traga-me novamente a busca pelo momento perfeito, nem que seja apenas por poucos segundos. Sei que pode me ouvir, falando dentro de você agora, nunca deixe de sonhar, eu ainda acredito no mundo perfeito que criamos pra nós dois.



Escrito por Cindy às 06h01
[   ] [ envie esta mensagem ]




Não me deixa esquecer

Melodia de palavras que me embalam sobre a nuvem que cobre seus olhos de misterio, uma especie de balanço, que me leva ao alto, ao nivel em que os sonhos são reais e podemos tocar o ceu com a ponta dos dedos, longos dedos cheios de suavidade e astucia. O cheiro da pele, o toque suave da brisa, fazem parte da alucinação de cada noite, de cada estante em que os olhos se fecham, a respiração descontrolada não esconde o medo de estar de volta a realidade e abrir os olhos e deixar que a memoria carregue para o mundo do esquecimento o que chamamos de sonho.



Escrito por Cindy às 04h25
[   ] [ envie esta mensagem ]




É só o fim criança...

O sonho, como qualquer coisa, um dia acaba, deixando ser envadido pela razão, perde sua importancia, seu espaço, deixa de existir, não por motivos menores, mas reais. A transição entre esse mundo ilusorio em que vivo e o mundo real está me deixando confusa, é dificil aceitar , é muito dificil entender, descobri que não sei fazer isso, e não ha nada que abrande esse mau, não tenho mais o que buscar, simplesmente o amor por viver vai se findando, ao quase nada, como se não fosse importante pra ninguem eu estar aqui hoje, e é muito egoismo da minha parte querer que seja importante, as pessoas conquistam sua importancia quando sabem o que é buscar, eu não sei, alias eu não sei muita coisa, e tambem não sei se quero aprender, nada me motiva, nada me alegra, nada faz sair esse aperto que sinto, como se a tristeza fosse infinita, e talvez seja mesmo. A cada minuto perco ainda mais a vontade de lutar, vou deixar me consumir, afinal é apenas o fim..."oh crianças, isso é só fim, mas isso é só o fim"



Escrito por Cindy às 09h23
[   ] [ envie esta mensagem ]




Ansiedade

Como posso me soltar da cadeia que eu mesma criei, sufocada, dentro de uma realidade que só existe pra mim, o mundo continua belo como sempre, e eu continuo me sentindo só, felicidade volte a habitar esse pobre coração que não sabe o que quer, me deixe ver o mundo com outros olhos, alguem tire a venda que coloquei em meus proprios olhos, alguem me ensine o que é realmente viver, ja não sei o que pode ser possivel um dia, onde estará o futuro que me espera, porque ele não me traz noticias pra tranquilizar o meu eu, esperar os dias passarem já não é algo tão facil assim, espero que caia um balde de paciencia sobre mim, até tudo voltar a ser feliz, busco o que não sei, a incerteza de não estar, machuca, eu espero, e espero até quando não sei.



Escrito por Cindy às 03h25
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sul, LONDRINA, ALTO DA COLINA, Mulher, de 20 a 25 anos, Portuguese, Spanish, Animais, Música
MSN -
Histórico
  16/12/2007 a 22/12/2007
  08/10/2006 a 14/10/2006
  12/02/2006 a 18/02/2006
  05/02/2006 a 11/02/2006
  16/10/2005 a 22/10/2005
  04/09/2005 a 10/09/2005
  28/08/2005 a 03/09/2005
  21/08/2005 a 27/08/2005
  14/08/2005 a 20/08/2005
  07/08/2005 a 13/08/2005
  19/06/2005 a 25/06/2005
  03/04/2005 a 09/04/2005
  13/03/2005 a 19/03/2005
  06/03/2005 a 12/03/2005
  27/02/2005 a 05/03/2005
  06/02/2005 a 12/02/2005
  09/01/2005 a 15/01/2005
  26/12/2004 a 01/01/2005
  19/12/2004 a 25/12/2004
  12/12/2004 a 18/12/2004
  21/11/2004 a 27/11/2004
  24/10/2004 a 30/10/2004
  17/10/2004 a 23/10/2004
  10/10/2004 a 16/10/2004
  26/09/2004 a 02/10/2004
  05/09/2004 a 11/09/2004
  29/08/2004 a 04/09/2004
  22/08/2004 a 28/08/2004
  15/08/2004 a 21/08/2004
  08/08/2004 a 14/08/2004
  01/08/2004 a 07/08/2004


Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
  Benê Olivier
  Eh- Noiz
  Homenzinho
  Mundo Canibal
  Blog Renegado
  Blog Sabrina
  Pridema Fest
  Agito na Web
  Meu Flog Novo
  Flog Fernando
  Blog do Gaio
  Vagalume
  Orkut
  Gazzag
  Beltrano
  Blog do Bruno
Votação
  Dê uma nota para meu blog